Cenário Mercedes

O espetáculo teatral Mercedes faz um resgate da vida da artista Mercedes Baptista, que foi a primeira bailarina negra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A dançarina é uma das grandes responsáveis por difundir a dança afro no Rio e no Brasil. Hoje vemos como sua influência é marcante diante de tantos grupos de dança afro pelo país. Esse espetáculo reforça e valoriza a cultura negra que mesmo com tanto avanços nos conflitos sociais, ainda tem muito território a avançar.

O cenário do espetáculo Mercedes Baptista foi desenvolvido em conjunto entre Bambuê Arquitetura Viva; Coletivo Mundo Livres; Adriano Farias; Juracy de Oliveira e Sol Miranda.

A Bambuê entrou como apoiadora do projeto. Oferecemos nosso conhecimento de estruturas em bambu para criarmos juntos uma árvore suspensa de ponta cabeça com 8m de diâmetro. Chegamos uma solução eficiente e bela  para esse elemento cênico presente durante todo o espetáculo.

Mercedes foi a primeira bailarina negra do Theatro Municipal. E hoje, você sabe quantas dançarinas negras fazem parte desse seleto grupo?

Nenhuma.

Fica a reflexão.

 

Maio de 2016 | Sesc Copacabana, RJ