Armário Marlus

O armário desenvolvido para harmonizar o quarto de Marlus foi desenhado e executado de acordo com as necessidades de espaço para as roupas e objetos pessoais do cliente, no que tange a quantidade e volume.

Pensamos também numa possível mudança na distribuição das prateleiras. Além da composição original, com metade do espaço destinado ao guarda-roupa (com cabideiro e prateleiras) e a outra metade composta por uma estante, a estrutura permite ser transformada em puro guarda-roupa ou inteiramente de estante. É um móvel versátil que acompanhará as transformações do jovem rapaz.

Outro aspecto interessante é que armário foi desenhado para ser fácil de montar e desmontar, facilitando a vida na hora da mudança.

Tão interessante quanto o projeto do armário foi a forma em que ele foi “negociado”. Nós da Bambuê estávamos precisando de um site e o Marlus tinha acabado de se mudar para uma nova casinha e estava precisando de um armário. Um amigos nos colocou em contato e desse encontro surgiu a ideia de fazermos uma troca: um site por um armário de bambu.

Esse tipo de relação econômica tem sido praticado por muitas pessoas em todo o mundo, como uma forma de encurtar os caminhos e reduzir a dependência de dinheiro, em uma relação de ganha-ganha, em que ambos os lados se fortalecem mutuamente. A economia de trocas estimula os talentos criativos e nos aproxima das pessoas, proporcionando mais afeto nas relações humanas.

 

Abril de 2016 | Méier, RJ